Opinião dos Leitores

Newsletter

Tradutor

Livros & Leituras TV

Entrevistas

Arte

Decorativo, apenas?

GÉNERO - Arte

alt

Estamos aqui perante um livro que nos deixa um retrato magnífico do atelier-museu Júlio Pomar.

Para quem ainda não tinha percebido, e serão certamente muito poucos, Júlio Pomar não é só conhecido pelo trabalho em pintura. O artista plástico português produziu também obra no campo das artes decorativas, utilitárias e ligadas à indústria.

Este livro é o espelho de uma interessante exposição que exibe tapeçarias, gravuras, azulejos, pratos, travessas ou jarras em cerâmica e vidro.

As imagens são fabulosas.

__________

Sara Antónia Matos, Catarina Rosendo e Júlio Pomar

Decorativo, apenas?

Documenta


Add a comment

Sistema da arte contemporânea

GÉNERO - Arte

alt

Afinal de contas quais serão as dimensões da arte contemporânea? Alexandre Melo, o autor, garante que “numa apresentação genérica e simplificada podemos distinguir três dimensões de funcionamento do sistema da arte contemporânea: uma dimensão económica, uma dimensão cultural e uma dimensão política”.

A obra responde a um conjunto de interrogações. O que é que vai determinar aquilo que é ou não é arte numa determinada sociedade? O que vai determinar se um objeto é ou não é arte? Interessante!

__________

Alexandra Melo

Sistema da arte contemporânea

Documenta


Add a comment

A rota da porcelana

GÉNERO - Arte

alt

Esta é uma grande viagem pelo mundo da porcelana. O oleiro e artista Edmund de Waal, o mesmo autor de A lebre de olhos de âmbar, transporta-nos numa autêntica peregrinação pela história do “ouro branco”.

Há textos para todos os gostos, das salas e cidades de porcelana à porcelana inglesa, passando por Jianxi, capital da porcelana, até aos cacos, ao fazer, ao decorar, ao vidrar ou ao cozer. Há de tudo.

Este livro é ideal para todos os amantes da porcelana.

__________

Edmund de Waal

A rota da porcelana

Sextante editora


Add a comment

A alma da gaita-de-foles mirandesa

GÉNERO - Arte

alt

Este livro é dedicado a todos aqueles que amam a gaita-de-foles. Henrique Fernandes, descente da família dos gaiteiros tradicionais de Miranda, deixa-nos aqui um importante livro que revela um pouco de tudo sobre este instrumento musical: som, características, funcionamento, estrutura, fabrico e estrutura.

A obra é igualmente muito bem ilustrada, o que ajuda a perceber melhor como tudo funciona.

__________

Henrique Fernandes

A alma da gaita-de-foles mirandesa

Âncora Editora


Add a comment

Olhares sobre a história da música em Portugal

Avaliação: / 2
FracoBom 

GÉNERO - Arte

alt

Foram cinco os musicólogos que se encontraram para neste livro, publicado pela editora Verso da História, para escreverem sobre as várias épocas da história da música erudita em Portugal. São eles Luísa Cybron, Manuel Carlos de Brito, Manuel Pedro Ferreira, Paulo Ferreira de Castro e Rui Vieira Nery, coordenados por Jorge Alexandre Costa. Os autores conseguem oferecer uma retrospectiva de mil e quinhentos anos de história da música no nosso país. O ponto de partida foi o ciclo de conferências Olhares Sobre a Cultura Musical Erudita Portuguesa, promovido pela Câmara Municipal de Matosinhos, em colaboração com a Escola de Música Óscar da Silva.

Os principais objectivos do encontro eram dar a conhecer os compositores, repertório, intérpretes e estruturas que faziam parte da história da cultura musical erudita portuguesa, desenvolver o interesse do público pela temática e preservar esta fonte do património cultural nacional. Foram cinco as conferências. Tantas, quantos os capítulos desta obra, interligados por uma sequência temporal.

Da música hispano-visigótica, à influência da música islâmica, passando pelo protagonismo das sés como centros músico-litúrgicos, o dinamismo vivido pela música erudita portuguesa ao longo dos séculos é surpreendente. Espetáculos músico-teatrais, a importância dos teatros como centros da vida social e cultural urbanas e, finalmente, o esforço regenerador de diferentes compositores de modo a construir a modernidade e a identidade musical portuguesa, a saber: Viana da Mota, Francisco Lacerda, Freitas Branco, Fernando Lopes-Graça e Jorge Peixinho.

__________

Jorge Alexandre Costa (Coord.)

Olhares sobre a história da música em Portugal

Verso da História 


Add a comment

PUB

NOVIDADES

A FRASE

O avarento não possui as suas riquezas: são estas que o possuem a ele.(Bion de Esmirna)

Originais

Opinião