BOA PÁSCOA

Sondagem

Escrever um livro

L&L MOBILE

Faixa publicitária

Opinião dos Leitores

Newsletter

Tradutor

Livros & Leituras TV

Entrevistas

1.º Encontro Literário de Montemor-o-Velho vai decorrer a 4 e 5 de outubro

NOTÍCIAS

alt

O rio Mondego já era citado por viajantes e historiadores, na época dos romanos, que lhe chamavam Munda. Na Idade Média, o rio, que todos diziam ser belo e rico, manteve o nome. Munda significa transparência, claridade e pureza. O Mondego é, por certo, o rio português mais “cantado” por poetas e escritores. Desde Sá de Miranda, a Camões, Eugénio de Castro, Miguel Torga ou a António Nobre e perpetuado também pela voz de músicos como José Afonso. O Mondego é, assim, o ponto de partida para uma viagem pela Literatura de Língua Portuguesa espalhada pelos vários continentes. Corrente de palavras, sons e imagens a navegarem até ao concelho de Montemor-o-Velho, onde aportarão escritores, ilustradores, artistas plásticos, contadores de histórias e músicos de várias nacionalidades e culturas a uma só língua. “Munda Lusófono – 1.º Encontro Literário de Montemor-o-Velho” é um evento organizado pela Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, através da Biblioteca Municipal Afonso Duarte, com a coordenação da escritora montemorense Lurdes Breda, que irá decorrer, em Montemor-o-Velho (Portugal), nos dias 4 e 5 de outubro de 2014.

Este encontro, que terá um caráter multidisciplinar e abrangerá, para além da literatura, a ilustração, as artes plásticas, a música e o teatro, será, por isso, dirigido a escritores, ilustradores, artistas plásticos, contadores de histórias, músicos, atores e a público em geral. Terá como objetivos principais a promoção e a divulgação dos autores intervenientes, bem como proporcionar-lhes um relacionamento privilegiado, não só com os leitores, mas também com alguns dos agentes ligados à edição, comercialização e internacionalização do livro e afins. Propõe-se ainda a fortalecer os laços institucionais, sociais e culturais entre os vários autores oriundos dos países da lusofonia.

A pretexto da Literatura, e ao longo dos dois dias, a organização pretende igualmente dar a conhecer o património histórico, arquitetónico, paisagístico e gastronómico do concelho de Montemor-o-Velho através de um programa diversificado.

Esta primeira edição do “Munda Lusófono” contará com a presença dos seguintes autores: Valentino Viegas (escritor de Goa), Roberto Chichorro (artista plástico de Moçambique), Paulo Galindro (ilustrador de Portugal), Izabelle Valladares (escritora e presidente da Literarte do Brasil), Xurxo Nóvoa Martins (escritor da Galiza), Arménio Vieira (escritor de Cabo Verde e Prémio Camões 2009), Maria Celestina Fernandes (escritora de Angola) e Rui Zink (escritor de Portugal).

Além dos autores convidados, haverá a participação/apresentação de outros autores portugueses e/ou estrangeiros, cuja presença depende de inscrição prévia.

A cantora Joana Alves, a fadista Isa Cardoso, os músicos Sílvio Girão, José Manuel Rodrigues e Marcos Assumpção (Brasil), o maestro Sílvio Rajado e o grupo Trigainas protagonizarão os momentos musicais deste evento, que terá ainda a participação da APPACDM de Coimbra, da bailarina Margarida Jorge e do contador de histórias José Craveiro. A organização destaca a parceria com a revista literária digital “Livros e Leituras”, pois todos os autores que se inscreverem até ao dia 30 de Setembro terão a oportunidade de possuir uma entrevista aí publicada ou, em contrapartida, a recensão literária de um livro seu à escolha.

Este evento será constituído por atividades diferentes que, embora autónomas, complementar-se-ão entre si. Terá início a 4 de outubro, na Quinta do taipal, com um almoço-convívio, seguido pela apresentação dos autores – quer convidados, quer inscritos – com sessões de autógrafos conjuntas. A apresentação dos escritores estará a cargo de Jair Chiulele (Presidente da Casa de Moçambique em Coimbra). O serão, após o jantar na Quinta do Taipal, decorrerá na Igreja de Nossa Senhora de Alcáçova, no interior do castelo, com fado e leitura de textos pelos autores. Na manhã de 5 de outubro, os autores serão recebidos na Biblioteca Municipal, de onde partirão para Tentúgal no âmbito da rubrica “Trilhos Literários”. Terão aí a oportunidade de conhecer a confeção dos famosos Pastéis de Tentúgal e de visitar o Convento de Nossa Senhora do Carmo, onde se falará do livro “O Pastel de Tentúgal na Literatura” coordenado por Olga Cavaleiro (Presidente da Confederação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas). O percurso seguirá para a Vila de Pereira, com paragem junto ao rio Mondego, para dar lugar à atividade “Versos e Flores à Musa do Munda” com nova leitura de textos pelos autores. Na Vila de Pereira, o almoço será servido no restaurante “O Manjar do Tojal”. A tarde será passada na Biblioteca Municipal, na qual decorrerá uma mostra de livros com várias sessões de autógrafos. O evento encerrará com um lanche-convívio. A organização reserva ainda algumas surpresas, que serão desvendadas ao longo do programa.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

PUB

NOVIDADES

A FRASE

O amor é, como a natureza, grande principalmente nas coisas pequeninas. (Júlio C. Machado)

PUB

Faixa publicitária

Originais

Opinião