Opinião dos Leitores

Newsletter

Tradutor

Livros & Leituras TV

Entrevistas

Que monstros fabricamos?

GÉNERO - Romance Estrangeiro

alt

As cerca de 200 páginas deste livro poderoso e inquietante deixam o autor preso à obra do princípio à última palavra. Aliás, o surgimento de um táxi vermelho a cuspir fumo negro é um indício daquilo que se poderá esperar desta obra.

Aqui, subtilmente, a fronteira entre o real e a alucinação torna-se dúbia. O bem e o mal cruzam-se constantemente.  

Davie e o seu melhor amigo Geordie assistem, fascinados, à chegada de um misterioso rapaz à aldeia: Stephen Rose não tem pais nem amigos, o seu rosto é pálido, o seu olhar sombrio, e vai viver para a casa de Crazy Mary.

A curiosidade aguça o apetite e, de um momento para o outro, Davie e Geordie entram num caminho escorregadio, numa engrenagem terrível que dará vida a um monstro ameaçador.

A crítica gostou da história e o autor, lido em todo o mundo, foi vencedor do Prémio Hans Christian Andersen 2010. Está tudo dito.

__________

David Almond

Que monstros fabricamos?

Livros Horizonte

Comentar


Código de segurança
Atualizar

PUB

NOVIDADES

A FRASE

Na maior parte dos homens, as dificuldades são filhas da preguiça. (Samuel Johnson)

Originais

Opinião