Opini√£o dos Leitores

Newsletter

Tradutor

Livros & Leituras TV

Entrevistas

Ensaio

Novos relatos de um exorcista

G√ČNERO - Ensaio

alt

O que √© um exorcista? Trata-se um uma pessoa que esconjura os dem√≥nios. Como poder√° ele afastar os dem√≥nios? A quem interessa este livro? Creio que interessa a todos os que se interessarem por esta tem√°tica, tendo sempre em linha de conta que estamos perante um autor que parece n√£o ter papas na l√≠ngua.¬† Ali√°s, Gabriele Amorth j√° chegou a dizer que o diabo tem medo dele. Garante tamb√©m que ‚ÄúSanan√°s √© um macaco de Deus.‚ÄĚ

Este livro responde a quest√Ķes como exist√™ncia de possess√Ķes diab√≥licas, diagn√≥stico das possess√Ķes e outras relacionadas com o tema.

Baseado na experiência pessoal do autor, um exorcista italiano de renome. Precioso manual, prático e informativo, para sacerdotes e leigos que tenham que lidar com esta tipologia específica do sofrimento humano.

__________

Gabriele Amorth

Novos relatos de um exorcista

Paulos


Add a comment

Poder - Veneno e Remédio

G√ČNERO - Ensaio

alt

Neste livro deste trio de autores, encontramos uma perfeita antítese entre o poder e o amor. Dizia Chaplin que o poder só serve para fazer mal. Se o é, não sabemos ao certo. O que temos a certeza é que para se fazer o bem, basta o amor. Isso e pouco mais.

Esta leitura corresponde à versão perversa do uso do poder! O poder é uma força social inescapável. O que corrompe não é poder, mas o uso que dele se faz ou o modo perverso como é conquistado. 

Este livro explora a natureza do poder e a forma como pode ser conquistado, mantido, perdido ou cedido. 

__________

Miguel Pina e Cunha, Arménio Rego, Ana Guinote

Poder - Veneno e Remédio

Lidel


Add a comment

O olhar colonial em Eça de Queirós

Avalia√ß√£o: / 4
FracoBom 

G√ČNERO - Ensaio

alt

A obra de Eça de Queirós é vastíssima, mas muito mais vastos são os estudos que se publicam regularmente sobre um dos melhores romancistas portugueses de todos os tempos.  

O olhar colonial em E√ßa de Queir√≥s, estudo da autoria de Jos√© Ant√≥nio Salvado,¬†enquadra o testemunho queirosiano na expans√£o europeia em √Āfrica na segunda metade do s√©culo XIX.

E√ßa preenche o nosso imagin√°rio com importantes descri√ß√Ķes e factos hist√≥ricos que contribuem para perceber o Portugal do s√©culo XIX.

Este livro, dividido em tr√™s partes, come√ßa por enquadrar a vida de E√ßa nas transforma√ß√Ķes do s√©culo XIX. De seguida, apresenta o conceito queirosiano de coloniza√ß√£o, a compreens√£o do imperialismo pelos diferentes grupos sociais e os interesses econ√≥micos intr√≠nsecos √† ocupa√ß√£o africana. Por fim, analisa-se a abordagem de E√ßa de Queir√≥s aos problemas coloniais nas diversas regi√Ķes africanas.

Interessante!

__________

João António Salvado

O olhar colonial em Eça de Queirós

Edi√ß√Ķes Vieira da Silva


Add a comment

25 de novembro, Reflex√Ķes

G√ČNERO - Ensaio

alt

A sinopse diz tudo sobre o tema deste livro com quase 400 p√°ginas. Procurou-se ‚Äúestudar n√£o s√≥ o importante per√≠odo hist√≥rico coincidente com o final do nosso 4.¬ļ imp√©rio ‚Äď se considerarmos o 1.¬ļ, como o do Norte de √Āfrica; o 2.¬ļ, como o do Oriente; e o 3.¬ļ, o do Brasil , mas tamb√©m as consequ√™ncias e alguns antecedentes que talvez apontem para um 5.¬ļ imp√©rio‚Ķ Uma das finalidades √© tentar assegurar material, o mais abrangente e fidedigno poss√≠vel, aos historiadores e, tamb√©m, procurar que os erros registados na Hist√≥ria n√£o se repitam, como, infelizmente, parece ter sido o caso da 1.¬™ Rep√ļblica e do designado PREC (Processo Revolucion√°rio em Curso), bastante abordado no presente livro‚ÄĚ.

__________

Manuel Bar√£o da Cunha (coord.)

25 de novembro, Reflex√Ķes

√āncora Editora


Add a comment

A maça de Cézanne…e eu

G√ČNERO - Ensaio

alt

A editora Sistema Solar traz at√© n√≥s, pela m√£o de D. H. Lawrence, um fabuloso livro. ‚ÄúA ma√ßa de C√©zanne‚Ķe eu‚ÄĚ.

O livro debru√ßa-se sobre Paul C√©zanne, o pintor franc√™s que chegou a ser considerado por Picasso, ‚ÄúO pai de todos n√≥s‚ÄĚ.

‚ÄúSe o ser humano fosse essencialmente uma Ma√ß√£, como era para C√©zanne, caminhar√≠amos em dire√ß√£o a um novo mundo de homens: um mundo com muito pouco para dizer, com homens que conseguiriam, apenas com o seu lado f√≠sico e uma verdadeira aus√™ncia de moral, manter-se tranquilos.‚ÄĚ

__________

D. H. Lawrence

A maça de Cézanne…e eu

Sistema Solar


Add a comment

A FRASE

Assim como uma gota de veneno compromete um balde inteiro, também a mentira, por menor que seja, pode estragar toda a nossa vida. (Gandhi)

PUB

Sugest√£o do Dia

NOVIDADES

Originais

Opini√£o